6 de novembro de 2009

passo fundo = livro


foto Gerson Lopes / Correio do Povo
Detesto fotografar por-do-sol, ainda mais da janela do hotel. Mas todo fim de dia tinha esse show... então me dei por vencido. Passei a semana em Passo Fundo, que ja foi conhecida como a Terra de Teixerinha (eu ia explicar que era o cantor de "Churrasco de Mãe", mas...) e hoje é a Capital do Livro.
A Jornada literária de Passo Fundo : quatro dias de celebração das artes, e da pesquisa em torno do livro, olha que coisa. A quantidade de público deixa boquiabertos até os palestrantes internacionais. Ao longo da Jornada, entre De A a Zigg e apresentações como autor, fui visto por mais de 6 mil crianças! E o mais importante: a qualidade e o envolvimento desse público, valorizando ao máximo a programação. É a Wonder-Woman Tânia, quem coordena tudo, a mãe da Jornada.
Depoimentos como o da super-bibliotecária chilena Constanza Mekis, em favor da criatividade, do humor e da energia para a formação de leitores na nova sociedade (aqui), deram o tom transformador e inquieto desse encontro.
Abaixo, a Stephanie mostrando o Só Um Minutinho dela, feito na Pré-Jornada, quando as crianças trabalham os livros dos autores que mais tarde encontrarão no evento. E mais abaixo nossa turminha de falar-besteira-no-jantar: Fatima Café, Juan Gamba (excelente clown de Madrid), Anna Claudia Ramos, Fernando Vilela, Celso Sisto, que coordenou lá um seminário de contadores (sim, de histórias, claro. Alguém aí imaginou um monte de caras segurando calculadoras?), Odilon, Marilda, Moça do Colar de Pérolas, Jornadetes Elisangela e Liara (obrigado pelo apoio gurias! só faltou a querida Elíria, anja-da-guarda na minha produção durante os quatro dias.)


Um comentário:

  1. Parabéns! Eu tô louca para ver uma apresentação sua aqui, em Porto Alegre! abraços e muito sucesso!

    ResponderExcluir

comentários