31 de agosto de 2009

Belos Horizontes

Quinta feira foi o happening-lançamento dos novos livros da Lê-Abacate em Belzonte. Foi na grande casa amarela, sede da editora. Tudo clima familiar: voce tá conversando com o motorista e de repente...ele é o dono da editora! Falando em família, aí em cima Marilda, Nélson e seus patinhos, abrilhantando o evento. Também reencontrei o Marcello Xavier, mas prá conversarmos tive de entrar numa fila de umas trezentas professoras, loucas prá falar com ele! O homem é popular demais da conta, sô..

O meu livro foi Isso Não é Um Elefante, escrito pelo Bartolomeu. Ótimo resultado: o primeiro produzido com mais espaço aqui na casa-studio nova. Durante o processo espalhei um monte de coisas em volta das artes: papeis velhos, decalques, recortes... e fui pintando e colando tudo alegremente, sem photoshop e, consequentemente, sem autocrítica. Lourdinha e Alencar foram ótimos editores e amigos: uma recepção muito carinhosa. Lilian, Simone e galera, obrigado por tudo.

Nossa, esqueci meu chapéu no hotel. No dia seguinte, já em São Paulo, liguei pra camareira que disse não ter achado nada no apartamento. Daí insisti dizendo: -mas olha eu sou alto, moça: talvez esteja na ultima prateleira. Ela foi lá de novo, botou um banquinho e achou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários